caomumificado

Arqueólogos do Instituto Nacional de Antropologia e História (Inah), do México, encontraram um cão mumificado com cerca de mil anos.

 
O animal foi descoberto na Caverna da Candelária, em Coahuila, no norte do país, e mede 42 x 22 centímetros.
 
'São poucos os esqueletos pré-hispânicos encontrados em contextos funerários. Esta descoberta reforça a ideia de que os cães eram usados nas tradições funerárias da época, mas também que os animais poderiam ser domesticados', afirmou Alejandro Bautista Valdespino.
 
O arqueólogo disse ainda que os estudos que agora começam têm como objectivo explicar os costumes fúnebres entre o ano de 800 e o começo do século XVIII, data da chegada dos espanhóis ao México.
 
De referir que as primeiras escavações na Caverna da Candelária aconteceram em 1953, sendo encontrados no seu interior mais de quatro mil objetos e cerca de 200 ossadas humanas. O Inah acredita que o local era usado para guardar os mortos do povo, além dos seus pertences.
 
 
Fonte: Diário Digital - Publicado neste site em 26/11/2012
Topo